É na Lixa que encontramos o maior núcleo de bordadeiras existentes em Portugal, neste início de século XXI.

Há muitas gerações atrás começou-se a "bordar" para um mercado que, já na altura, ia além da Lixa. Aproveitando o cruzamento dos eixos viários, Guimarães - Amarante e Porto - Vila Real, os Bordados da Lixa rapidamente ganharam o prestígio que ainda hoje lhe é reconhecido. Primordialmente, os bordados produzidos eram o "bordo fino" feito em linho e o "ponto-cruz".

Mais tarde iniciou-se a elaboração das conhecidas e exímias bainhas abertas e outros crivos e desfiados, tão característicos dos bordados da Lixa Os Bordados da Lixa carregam consigo séculos de história e de dedicação das sublimes "bordadeiras". Uma história de aliança entre a tradição e a alta qualidade dos produtos.